Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS)

O sistema de mobilidade do município de Braga continua a ser caracterizado por uma excessiva quota do transporte individual. A convergência com os objetivos ambientais e energéticos da estratégia de desenvolvimento regional implica a adotação de medidas que promovam padrões de mobilidade urbana sustentável.

 

 

Para a elaboração da estratégia de intervenção no domínio da mobilidade e sistema de transportes definiram-se um conjunto de princípios que orientam a definição dos eixos de intervenção prioritária e a dos projetos/ propostas de intervenção.

Destacam-se como princípios orientadores:

  • Reduzir (i) os volumes de tráfego motorizado; (ii) a necessidade de utilização de transporte motorizado; (iii) os impactes ambientais (gases com efeito de estufa) associados ao tráfego motorizado.
  • Melhorar (i) a interligação entre as áreas diferentes da cidade; (ii) a intermodalidade; (iii) o serviço de transporte público, tornando-o mais rápido e atrativo; (vi) a gestão de tráfego no sentido de melhor articulação entre vários níveis da hierarquia viária.
  • Promover (i) Integração na lógica metropolitana enquadrada na EIDT e no PAMUS.
  • Articular com intervenções PEDU (PARU e PAICD), intervindo na envolvente de alguns projetos mais relevantes.